GEPAHS

​GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA SOBRE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO

Linha de Pesquisa : Políticas e Práticas em Educação Especial - Grupo de Estudos e Pesquisa (GEPEPES) Pedagogos, Psicólogos)
Participantes do grupo: Pedagogos, Psicólogos, Professores, Pesquisadores, Estudantes e outros profissionais.

Introdução

A partir dos anos de 1990 novas concepções de ensino e propósitos de aprendizagem começaram a modificar a educação brasileira, especialmente, na educação formal das escolas de ensino regular com a máxima Educação para Todos em que, uma parcela da sociedade com o apoio do Estado iniciou um movimento de propagação do pensamento de escola que atenda as diferenças. Essa premissa está contida nos vários documentos nacionais e internacionais que embasam e norteiam as diversas políticas públicas e educacionais construídas com um forte apelo de garantia dos direitos sociais. Influenciada por um processo de valorização da educação registrado em documentos, conferências e declarações, em dezembro de 1996, a educação brasileira compreendida como processo de formação humana é regulamentada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional/LDBEN 9394/96. Institucionaliza-se o movimento de inclusão social de uma numerosa parcela de excluídos do processo educacional escolar, considerando nesta parcela, os alunos com Altas Habilidades e Superdotação - AH/S.

Nesse contexto, o Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Altas Habilidades/Superdotação – GEPAHS, vinculado a Linha de Pesquisa: Políticas e Práticas em Educação Especial do Grupo de Estudos e Pesquisa – GEPEPES, da Universidade Federal de Uberlândia – UFU, constituído por profissionais da Rede Municipal, Estadual e Federal de Ensino da cidade de Uberlândia – MG foi criado e tem como princípio a busca incessante de conhecimentos sobre o tema de forma a investigar e construir ações visando a formação e atendimento junto a profissionais, pais e alunos com AH/SD por meio de atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, configuradas por meio de cursos, orientações de trabalhos, identificação de alunos com AH/SD, atendimento aos pais, oferta do AEE, descrevemos abaixo:

 

Atividades de Ensino:

  • Disciplina ministrada no móduloSeminários Teóricos-Práticos em Atendimento Educacional Especializado: Limites e Possibilidades do curso de Pós-graduação em Educação Especial;

Atividades de Pesquisa:

  • Orientação de Trabalhos de conclusão de curso-TCC com pesquisa na área de AH/S;

Atividades de Extensão:

  • Reuniões quinzenais para estudos referentes à área com a participação de discentes, docentes e profissionais de ensino;

  • Identificação/diagnóstico de casos com pessoas que apresentam características de com AH/S

  • Atendimento Educacional Especializado na Sala de Recursos Multifuncionais na FACED-UFU e também junto a escola comum regular;

  • Realização e palestras em parceria com outras IES, ofertado a comunidade em geral;

  • Realização de curso de extensão junto aos professores da área e comunidade em geral, proporcionando formação continuada, análise e reflexão sobre o tema de AH/S.

Objetivos

Geral:

  • Proporcionar conhecimentos teóricos e práticos referentes às AH/S no campo do saber e do fazer de forma que contribua com o meio acadêmico e social  no desenvolvimento de propostas junto às pessoas com AH/S.

Específicos:

  • Proporcionar a formação de grupo de estudo para aprofundamento teórico, pesquisas e ações referentes às AH/S;

  • Identificar os alunos com altas habilidades superdotação da rede municipal  de ensino de Uberlândia;

  • Articular propostas de formação e extensão no contexto educacional;

  • Possibilitar a oferta de AEE aos alunos identificados, com o estudos de caso  na Sala de Recursos Multifuncionais do CEPAE-FACED-UFU;

  • Possibilitar a interlocução entre a universidade e demais instituições de ensino por meio da extensão.